quinta-feira, 5 de junho de 2014

POLÍTICOS CORRUPTOS, ONDE ESTÃO VOCÊS AGORA?

                  Foto: POLÍTICOS CORRUPTOS, ONDE ESTÃO VOCÊS AGORA?

A história recente demonstra que políticos corruptos e mentirosos devem tomar cuidado com a turba ensandecida (Benito Mussolini que o diga). Não faltam exemplos de administradores públicos que foram execrados – ou mesmo assassinados - pela população de seu país durante protestos públicos.    
 
As manifestações dos jovens em todo o País em junho de 2013 “pegou” autoridades públicas e até mesmo a imprensa de surpresa!
 
A maldade dos primeiros os levou a esclarecer em notas que “estamos tentando entender o que os manifestantes querem de fato”, enquanto que a incapacidade de a mídia de centro-direita explicar os motivos de os jovens irem às ruas a fez mencionar apenas as causas próximas das passeatas: Aumento das tarifas dos transportes, má qualidade dos serviços públicos essenciais de saúde e educação, investimento em estádios enquanto hospitais e escolas estão em “petição de miséria” e a de sempre, a corrupção.
 
Na verdade, são tantos os motivos para protestar no Brasil que até os manifestantes não são unânimes em afirmar o principal motivo das manifestações.
 
As causas próximas foram o estopim, a “gota d´água” que transbordou o balde de insatisfação do Povo brasileiro.
 
A causa remota, pano-de-fundo e principal motivo das recentes manifestações populares de caráter apartidário é a FALTA DE CONFIANÇA NOS POLÍTICOS EM GERAL APÓS ANOS DE INCOMPETÊNCIA, COMPROVADAS DESONESTIDADE E IMPUNIDADE.  
 
Nesse contexto histórico, os políticos não aparecem na televisão alertados por seus assessores a não veicular sua imagem pública às das manifestações, quer porque não ganharão votos dos manifestantes apartidários e revoltados com políticos e certamente perderiam votos de seus eleitores analfabetos e apaniguados, quer porque a massa pode se tornar violenta e não será contida por policias militares em número inferior se a turba decidir matar os maus-administradores do dinheiro público.
 
A Inteligência da Montax identificou plenárias e manifestações agendadas para palácios públicos ou mesmo em frente a casa de governadores e prefeitos ainda nesse mês de junho de 2013.
 
A história e o bom-senso recomenda que eles não permaneçam em casa nesses dias...


A história recente demonstra que políticos corruptos e mentirosos devem tomar cuidado com a turba ensandecida (Benito Mussolini que o diga). Não faltam exemplos de administradores públicos que foram execrados – ou mesmo assassinados - pela população de seu país durante protestos públicos.

As manifestações dos jovens em todo o País em junho de 2013 “pegou” autoridades públicas e até mesmo a imprensa de surpresa!

A maldade dos primeiros os levou a esclarecer em notas que “estamos tentando entender o que os manifestantes querem de fato”, enquanto que a incapacidade de a mídia de centro-direita explicar os motivos de os jovens irem às ruas a fez mencionar apenas as causas próximas das passeatas: Aumento das tarifas dos transportes, má qualidade dos serviços públicos essenciais de saúde e educação, investimento em estádios enquanto hospitais e escolas estão em “petição de miséria” e a de sempre, a corrupção.

Na verdade, são tantos os motivos para protestar no Brasil que até os manifestantes não são unânimes em afirmar o principal motivo das manifestações.

As causas próximas foram o estopim, a “gota d´água” que transbordou o balde de insatisfação do Povo brasileiro.

A causa remota, pano-de-fundo e principal motivo das recentes manifestações populares de caráter apartidário é a FALTA DE CONFIANÇA NOS POLÍTICOS EM GERAL APÓS ANOS DE INCOMPETÊNCIA, COMPROVADAS DESONESTIDADE E IMPUNIDADE.

Nesse contexto histórico, os políticos não aparecem na televisão alertados por seus assessores a não veicular sua imagem pública às das manifestações, quer porque não ganharão votos dos manifestantes apartidários e revoltados com políticos e certamente perderiam votos de seus eleitores analfabetos e apaniguados, quer porque a massa pode se tornar violenta e não será contida por policias militares em número inferior se a turba decidir matar os maus-administradores do dinheiro público.

A Inteligência da Montax identificou plenárias e manifestações agendadas para palácios públicos ou mesmo em frente a casa de governadores e prefeitos ainda nesse mês de junho de 2013.

A história e o bom-senso recomenda que eles não permaneçam em casa nesses dias...

Nenhum comentário:

Postar um comentário