segunda-feira, 20 de junho de 2016

Da série "personagens da espionagem" da Montax: A paranormalidade aplicada à Inteligência militar



O paranormal israelense URI GELLER virou celebridade ao entortar colheres na TV, mas, seu verdadeiro trabalho era apagar conteúdos de disquetes, danificar radares e localizar reatores nucleares e instalações dos adversárias de Israel, EUA e México. Descoberto no projeto SRI da Stanford University, patrocinado por CIA, Nasa - o maior centro mundial de estudo da parapsicologia - e outras agências interessadas em paranormalidade militar durante a guerra fria, até o "corte" de verbas do governo dos EUA por orientação da bancada evangélica do Congresso em 1995.

Nenhum comentário:

Postar um comentário