segunda-feira, 7 de março de 2016





Mensagem do Diretor - Relatório de Inteligência 2016

Aos analistas, clientes e parceiros da Montax,

Primeiramente, somos gratos aos colaboradores pelo apoio. E muito obrigado aos clientes e parceiros de negócios por nos confiar alguns segredos, planos e desafios íntimos durante 2015. 

Apesar do laicismo que deve prevalecer nas organizações, não podemos deixar de manifestar gratidão a Deus pelo que aconteceu ano passado. Essa tal "crise" foi Providência divina. Explico.

Casos Lava Jato, Zelotes (Carf), FIFA, HSBC (Lista Falciani) e a "queda" do preço do barril de petróleo trouxeram ao mesmo tempo escassez e oportunidades: Clientes pedem descontos “por causa da crise" e concomitantemente demandam mais serviços anticorrupção, e as demissões causam aumento do fluxo de informações. Mercado tenta se adequar à Lei Anticorrupção, e ao mesmo tempo não tem ideia do que "órfãos de crise" e recolocados revelavam sobre ex-empregadores...

A perda de receita da combalida indústria de óleo & gás, da qual estávamos acostumados a atender, foi outro fator que nos obrigou a realizar mudanças como ações de marketing para encontrar novos canais de distribuição - especialmente no mercado externo - e a "enxugar" a máquina e os processos produtivos, com eliminação de despesas invisíveis ou desnecessárias. E melhor cotação de fornecedores. Novos canais levaram a um aumento de 45% do faturamento bruto, enquanto que a reengenharia de processos produtivos permitiram um lucro líquido 135% maior.

Steve Jobs estava certo, "tudo pode ser aperfeiçoado". Como podíamos fazer tão equivocadamente antes!?

E o Ministério Público da UNIÃO federal passou a confiar mais nos Relatórios de Inteligência e provas dos crimes de "lavagem" e ocultação de bens desviados de fraudes, apurados em investigações de corporações privadas outrora de difícil aderência de autoridades públicas.

A lenta mudança de mentalidade gerada pelos escândalos de corrupção também redireciona paulatinamente a indústria de Investigações corporativas, de tendência meramente reativa, para ações de Inteligência, de tendência preventiva, que nos impulsionou a desenvolver a plataforma Compliance Intelligence®Canal de Denúncias anticorrupção de fácil instalação que permite aos administradores ativar um Programa de Integridade corporativa, gestão de riscos e auditorias preventivas. Tudo muito simples e transparente. São Fontes Humanas de Inteligência de Conformidade Com a Lei. Qualquer pessoa pode fazer um teste e instalar grátis o banner do Canal de Denúncias em sua homepage pelo link http://goo.gl/jSesS7

Acreditamos que esses resultados têm estreita relação com a satisfação de nossos colaboradores, muitos dos quais sequer conheciam "o serviço" antes de ser recrutados. Suspeitamos que nossa política de liberdade profissional e pagamento de justa PLR, sem "surpresas", ajudou a ultrapassar nossas metas. 

Como disse, a necessidade de mudanças foi a melhor coisa que aconteceu à Montax. E à indústria da Inteligência no Brasil como um todo, acho. 

Oportunidade com viés de ameaças que recrudesceram bastante em 2015: Aumento demasiado da concorrência e tecnologias substitutas. Escritórios de advocacia, firmas de auditoria e consultoria contábil, colaboradores que decidiram empreender é até empresas de TI, agora, querem Market Share da informação estratégica. A entrada de novos concorrentes e de produtos substitutos é um cenário que não deve ser desprezado em 2016.

O desafio à indústria será a integração entre concorrentes em parcerias estratégicas de negócios com clientes "virgens".

Esse é nosso Relatório de Inteligência acerca da indústria da Inteligência no Brasil em 2016.

Para mais perdas, ignore-o!

Outros planos da Montax para 2016? Sim, contudo, optamos por não revelá-los agora. Mais que simplesmente desconfiados, somos supersticiosos...

De novo, muito obrigado!

Marcelo de Montalvão, diretor


Nenhum comentário:

Postar um comentário